• Estrutura de Serviços

    Estrutura de Serviços

    Conheça mais da estrutura de hotelaria do HSI

  • Pronto-socorro 24h

    Pronto-socorro 24h

    O Pronto-socorro do HSI conta com equipe médica experiente e treinada

  • Exames

    Exames

    Diagnósticos de alta qualidade

  • Unidade de Infusão

    Unidade de Infusão

    A unidade realiza aplicações de Quimioterapia, Hemoterapia, entre outras medicações

  • Procedimento Endovascular

    Procedimento Endovascular

    Conta com equipe de excelência e os mais avançados e modernos equipamentos do Brasil

 
A A A

Manual de Orientação ao Paciente

Visualize abaixo informações importantes à você paciente.

Sobre

Internações

A internação é sempre realizada sob a responsabilidade de um médico cadastrado no Hospital Santa Isabel.

Documentos Necessários - Internação por Convênio/Seguro Saúde

  • Pedido de internação;
  • Carteira do convênio;
  • CPF e RG do paciente e do responsável maior de 18 anos;
  • Autorização do Convênio/Seguro Saúde ou senha para internação (fornecida pelo convênio);
  • Termo de consentimento informado.

Cobertura Convênio/Seguro Saúde

A cobertura ou não das despesas hospitalares e de honorários médicos está vinculada às condições de cada contrato/ apólice existente entre o paciente e seu plano de saúde. As informações sobre os direitos e deveres decorrentes do contrato/apólice de seu plano de saúde deverão ser obtidas diretamente junto à empresa/seguradora. Os valores não cobertos pelo Convênio/Seguro Saúde serão cobrados de forma particular e quitados pelo paciente ou responsável legal no momento do fechamento da conta hospitalar.

Informações importantes:
O processo de Autorização de sua cirurgia é analisado pela sua Seguradora/Operadora de Saúde, assim que o procedimento estiver autorizado entraremos em contato. Em caso de dúvidas referentes à autorização, entre em contato com a Central de Autorizações nos telefones: 2176- 1305, 1310, 1300 ou e-mail: reservas@hsi.org.br.

Informações Gerais Sobre a Internação

  • chegue ao Hospital Santa Isabel com pelo menos 2 horas e 30 minutos de antecedência do horário programado para sua cirurgia;
  • venha acompanhado por alguém maior de idade;
  • traga todos os exames pré–operatórios;
  • certifique-se do JEJUM adequado conforme orientação médica. Caso não tenha essa informação, entre em contato com o médico ou sua secretária;
  • traga o Termo de Consentimento assinado pelo seu médico. Caso não o tenha recebido, solicite orientação médica;
  • o Termo de Consentimento encontra-se disponível no site hsi.org.br;
  • apresente-se com roupas confortáveis;
  • realize higiene corporal (banho) na sua residência;
  • não se apresente para a internação com: cabelos molhados, unhas esmaltadas, brincos, piercings (em qualquer região do corpo) e dreads;
  • não compareça com joias ou objetos de valor. Exceto nos casos de órteses em geral, óculos, próteses dentárias, auditivas e oculares;
  • NÃO utilize lentes de contato no dia da cirurgia.



Documentos Necessários Para Internação Particular

Pedido de Internação

  • CPF e RG do paciente e do responsável maior de 18 anos;
  • Pedido de internação do médico credenciado;
  • No ato da internação o paciente e/ou seu responsável legal será informado sobre rotinas específicas a serem observadas em sua internação;
  • Também serão informados os valores de diárias e taxas, que ficam à disposição para consulta, assim como a tabela de preços do Hospital;
  • Para procedimentos gerenciados (pacotes) o valor deverá ser acordado previamente e o pagamento será realizado preferencialmente no dia da prestação do serviço ou em até 72 horas antes do procedimento.

Diárias

A diária hospitalar será sempre finalizada às 10h do dia seguinte, independendente do horário de entrada. A permanência após este horário implicará em pagamento de taxa adicional.

Estão inclusos:

  • refeições do paciente (exceto dietas enterais e parenterais);
  • dieta para acompanhante nas situações de paciente maior de 60 anos e menor de 18 anos de idade e em pacientes com necessidades especiais, conforme autorização prévia do Convênio/Seguro Saúde;
  • assistência de enfermagem, farmacêutica e nutrição;
  • cuidados de higiene;
  • trocas de roupas de cama e banho;
  • limpeza e manutenção do quarto;
  • secador de cabelo, que deverá ser solicitado no posto de enfermagem.

Taxas

Centro Cirúrgico, UTI, Unidade de Internação: A utilização dos serviços de Diagnóstico, Terapia e Agência Transfusional, em dias úteis após as 19h e aos sábados, domingos e feriados, em período integral, sofrerão acréscimo de taxa pre-estabelecida na tabela de preços do Hospital.



Bens e Valores

Bens e Valores

O Hospital não se responsabiliza por quaisquer objetos e/ou valores em poder dos pacientes internados ou acompanhantes. O paciente (ou acompanhante) é responsável pela devolução dos controles remotos da TV e do ar-condicionado, a ser feito na recepção da Unidade de Internação em perfeito estado de funcionamento e conservação. Em caso de danos será cobrada taxa de conserto.



Horários de Visitas

Deverão Ser Observados os Seguintes Horários

Apartamento: das 09h às 21h.

Enfermaria: das 15h às 21h.

UTI Veridiana:
11h30 às 12h e das 18h às 18h30.
Será permitida a presença de 2 visitantes.

Apartamento

Será permitido um acompanhante em tempo integral, que pode ser revezado quantas vezes forem necessárias. Em caso de pernoite é necessário um acompanhante maior de 18 e menor de 60 anos. Durante o horário de visita é permitida a entrada de mais 2 pessoas por vez, podendo revezar dentro deste horário, para cada paciente.

Enfermaria

Nos horários determinados para visitas, serão permitidas 2 pessoas por vez para cada paciente, sem direito a acompanhante.



Transferência Internação

Transferência Internação

Na transferência do paciente da Unidade de Internação para a UTI, o apartamento deverá ser desocupado imediatamente, independente do vencimento da diária. A ocupação do quarto por acompanhante ou familiar não será aceita nem mesmo através de pagamento complementar.

Transferência Externa

A alta de paciente solicitada por acompanhantes, familiares ou pelo próprio paciente deverá ser solicitada por escrito, e somente será realizada com autorização do médico, que avaliará os riscos da alta ou transferência.



Refeições

Refeições

A alimentação dos pacientes internados obedece a prescrição médica e rigorosa orientação do Serviço de Nutrição e Dietética. A alimentação é fornecida exclusivamente ao paciente.

Caso seu convênio dê cobertura a alimentação ao acompanhante, solicite o voucher no posto de enfermagem.

Os acompanhantes quando desejarem refeições no hospital terão à sua disposição a lanchonete no andar térreo:


A lanchonete não faz serviço de entrega.

Horário das Refeições

Desjejum: 8h às 9h.
Almoço: 12h às 13h.
Lanche da Tarde: 15h às 16h.
Jantar: 18h às 19h.
Lanche da Noite: 20h às 21h.



Estacionamento

Estacionamento

O Hospital Santa Isabel dispõe de estacionamento segurado contra roubo e danos em geral. É administrado por uma empresa terceirizada, e os valores estão afixados na recepção.



Cortesia

Cortesia

O Hospital Santa Isabel entrega no leito o primeiro kit de higiene pessoal.



Alta Médica e Conta Hospitalar

Alta Médica e Conta Hospitalar

Após a alta médica, inicia-se o processo que prepara a saída do paciente do Hospital. Todo paciente e/ou acompanhante recebe cópia dos exames realizados e um Formulário de Orientação de Alta, que deve ser assinado e é encaminhado ao Caixa do Hospital, para pagamento de despesas com acompanhantes, particulares e serviços não cobertos pelo plano de saúde. Caso no momento da alta não seja possível finalizar a conta, o responsável pela internação deverá entrar em contato com o Caixa do Hospital no primeiro dia útil após a alta.



Caixas

Caixas


Unidade Veridiana
Rua Dona Veridiana, n˚ 311 (Térreo) – Higienópolis
Funcionamento: Todos os dias – 24 horas
Telefone: (11) 2176-7781
E-mail: caixaveridiana@hsi.org.br

Quando necessário, o Setor de Caixa entrará em contato com o responsável para solicitar depósito em valores pré- -estabelecidos para amortização da conta hospitalar. O demonstrativo da conta do paciente permanecerá sempre à sua disposição para consultas no setor de Caixa.



Importante

Importante

O Hospital Santa Isabel não reconhece, não autoriza e não se responsabiliza por contatos de terceiros por meio de ligações telefônicas ou mensagem eletrônica durante ou após a internação no Hospital.

Caso essa situação ocorra, pedimos que entre em contato imediatamente com a Central de Segurança no telefone (11) 2176-7000 – Ramais 5030 ou 5032.



Honorários Médicos

Honorários Médicos

No caso do paciente optar por acomodação divergente de seu contrato junto ao Convênio/Seguro Saúde, deverá pagar a diferença, bem como honorários médicos, de acordo com a tabela de preços praticadas pelo Hospital Santa Isabel. O pagamento destinado a honorários médicos deve ser individualizada em relação à conta hospitalar. Deverá ser efetuada em cheque ou dinheiro.

Os valores de honorários médicos não cobertos pelo Convênio/ Seguro Saúde na internação na Unidade de Terapia Intensiva serão cobrados de forma particular e deverão ser quitados pelo paciente ou responsável legal no momento do fechamento da conta hospitalar.



Central de Atendimento

Serviço Social

Para que as vivências decorrentes da hospitalização possam ser enfrentadas e transformadas, é preciso que o paciente e sua família estejam em um ambiente acolhedor, com uma equipe de profissionais que proporcionem apoio, informações e esclarecimentos, através de acolhimento, escuta e intervenções técnicas.

Forma de atendimento:

PRONTO-SOCORRO
• Identificar e localizar familiares de pacientes graves, idosos e menores;
• Atendimento de pacientes psiquiátricos quando apresentar questões sociais;
• Orientar e acolher quando for necessário;
• Acompanhar e orientar os casos para transfêrencia;
• Entrar em contato com paciente/familiar nos casos de evasão após identificados pelo coordenador médico;
• Dar apoio aos familiares.

UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA
• Acompanhar o horário de visitas para entrevista preliminar;
• Atender os chamados no decorrer do plantão;
• Acolher e orientar nos casos de óbito quando for necessário;
• Orientar e acolher quando for necessário.

UNIDADE DE INTERNAÇÃO
• Elo de apoio entre paciente/família e equipe;
• Acompanhar os casos de longa permanência;
•  Acolher aos pacientes e/ou familiares quando mostrarem-se fragilizados;
• Viabilizar vaga para diálise para rede pública quando indicado pelo médico ou solicitado pela família;
• Viabilizar e acompanhar os casos de transferências quando indicado pelo médico ou solicitado pela família;
• Atender os casos para “home care”, no processo de desospitalização propiciando a reintegração do paciente junto ao convívio familiar.

PACIENTES DE LONGA PERMANÊNCIA
• Realizar entrevista com o paciente ou responsável para identificar os aspectos da dinâmica familiar;
• Elaborar relatório social, quando for necessário;
• Realizar reunião com o familiar e/ou equipe multidisciplinar quando houver questão social ou familiar que implique na programação da alta hospitalar.

CENTRO MÉDICO
• Atender aos chamados mediante solicitação da equipe multidisciplinar.

CONTATOS:
Segunda a sexta-feira - 8h às 19h
Tel. 2176 -1663 / 2176-7710 ou 99602-8521
E-mail: servicosocial@hsi.org.br

CRC

A Central  de Relacionamento ao Cliente é o canal aberto para o  recebimento de reclamações, elogios, críticas e  sugestões. Através das manifestações recebidas, poderemos verificar o nível de satisfação do cliente e assim buscar com as áreas envolvidas  formas mais eficazes  para atender a necessidade de nossos clientes e obter respostas em curto prazo com decisões e plano de ação.

CANAIS DE COMUNICAÇÃO: telefone, fax, e-mail, carta, pesquisa de satisfação (receptivo), atendimento pessoal, fale conosco (portal HSI).

Setores em que atua:  Central de Agendamento, Centro Médico, Centro de Medicina Diagnóstica, Internação, Pronto-socorro e UTI.

FLUXOGRAMA
Recebimento - registro - análise - encaminhamento - providência - resposta - feed-back ao cliente

PERSPECTIVAS
• Ampliar a segurança dos clientes na utilização dos nossos serviços;
• Melhorar a eficiência e efetividade no acolhimento e atendimento;
• Otimizar o trabalho em equipe;
• Garantir qualidade na assistência à saúde;
• Avaliar as condições da infra-estrutura hospitalar, dos processos, dos profissionais e dos resultados negativos e positivos;
• Eliminar e reduzir conflitos entre as áreas;
• Tomar decisão eficaz baseada na análise de dados e informações.



Pacientes Particulares

Pacientes Particulares

A determinação do valor do honorário médico é oriunda única e exclusivamente da relação médico/paciente, sem qualquer interferência por parte do Hospital. Os honorários médicos não estão inclusos na conta hospitalar e os pagamentos devem ser individuais para cada profissional.



Tabela de Preços

Tabela de Preços

A tabela de preços de diárias, taxas e serviços encontra-se no Setor de Internação e no Caixa para consultas.



Proibição Legal

Proibição Legal

Em respeito a Lei Federal nº.9294/96 e Municipal nº 9.120-10/80, é proibido fumar dentro das instalações dos Hospitais e nas proximidades das entradas dos edifícios;



Recomendações aos Pacientes

Recomendações

  • Permaneça com a pulseira de identificação entregue no ato da internação;
  • Não é permitido fechar as portas do quarto e do banheiro;
  • Não se ausente da Unidade de Internação sem prévia autorização do enfermeiro responsável e sem acompanhamento da enfermagem;
  • Não manuseie nenhum equipamento instalado no quarto. Qualquer dúvida, solicite apoio à enfermagem;
  • Mantenha as grades da cama elevadas para manutenção da segurança e prevenção do risco de queda, especialmente em pacientes idosos;
  • Não é permitido atendimento de profissionais externos ao paciente durante a permanência no Hospital.



Orientações aos Visitantes/Acompanhantes

Orientações

  • Visando a segurança do paciente, não é permitido fechar a porta do quarto com chave;
  • É permitido realizar cuidados pessoais (pentear os cabelos, higiene oral, oferecimento de dietas via oral, caminhar com o paciente no corredor) conforme orientação da equipe de enfermagem, fonoaudióloga, fisioterapeuta e nutricionista.

Cuidados Para Evitar Infecções Hospitalares

  • Higienizar as mãos frequentemente, principalmente ao entrar e sair do quarto e antes e depois que tiver contato com o paciente;
  • Evitar visita que esteja gripada, com diarreia ou qualquer outra doença infecciosa;
  • Respeitar as orientações médicas e da enfermagem, especialmente se o paciente estiver em precauções de isolamento;
  • Não circular nos quartos dos outros pacientes;
  • Não sentar na cama do paciente;
  • Não trazer flores;
  • Não trazer alimentos para o quarto, caso traga deverá ser previamente autorizada pelo serviço de nutrição do hospital que planeja a alimentação adequada ao paciente.

Uso de Celulares nas Dependências do Hospital

  • Recomendamos não utilizar aparelhos celulares dentro do Hospital, devido ao risco de interferências nos equipamentos de monitorização.
  • Na UTI é proibido o uso desses aparelhos; observe e siga os avisos de utilização dos celulares.



Direitos do Paciente

Direitos do Paciente

  • O paciente tem direito a atendimento digno, atencioso e respeitoso por parte de todos os profissionais de saúde, sem preconceito de raça, credo, cor, idade, sexo, diagnóstico ou por qualquer outra forma de discriminação.
  • O paciente tem direito a identificar o profissional por crachá preenchido com nome completo, função e cargo.
  • O paciente tem direito às informações de maneira clara, simples e compreensiva, adaptadas à sua condição cultural. Compreender as ações diagnósticas e terapêuticas, o que pode decorrer delas, a duração do tratamento, a localização de sua patologia, se existe necessidade de anestesia, qual o instrumento a ser utilizado e quais regiões do corpo serão afetadas pelos procedimentos.
  • O paciente tem o direito de consentir ou recusar procedimentos, diagnósticos ou terapêuticos a serem nele realizados. Deve consentir de forma livre , voluntária, esclarecida com adequada informação. Quando ocorrem alterações significantes no estado de saúde inicial ou da causa pela qual o consentimento foi dado, este deverá ser renovado. Nos casos comprovados de incapacidade de manifestação consciente, o paciente deverá ser legalmente representado.
  • O paciente tem direito de ter seu prontuário médico elaborado de forma legível e de consultá-lo de acordo com as normas estabelecidas pela Instituição. Esse prontuário deve conter o conjunto de documentos padronizados do histórico do paciente, princípio e evolução da doença, raciocínio clínico, exames, conduta terapêutica, demais relatórios e anotações clínicas.
  • O paciente tem direito à segurança e integridade física, limitada às condições de ação e instalações da Instituição.
  • O paciente tem direito ao acesso às contas detalhadas referentes às despesas de seu tratamento, exames, medicação, internação e outros procedimentos médicos, após finalização do processo de faturamento e auditoria.
  • O paciente tem o direito de ter resguardados os seus segredos, por meio da manutenção do sigilo profissional, desde que isso não acarrete riscos a terceiros ou à saúde pública.
  • O paciente tem direito a manter sua privacidade, com atendimento em lugar adequado e conduta profissional que resguarde esta privacidade.
  • O paciente tem direito de receber ou recusar assistência moral, psicológica, social e religiosa.
  • O paciente tem direito a uma segunda opinião médica, a informações com a Enfermagem ou a Central de Relacionamento ao Cliente.



Deveres do Paciente

Deveres do Paciente

  • O paciente e/ou seu responsável legal tem o dever de dar informações precisas, completas e acuradas do seu histórico de saúde, doenças prévias, procedimentos médicos anteriores e outros problemas relacionados à sua saúde.
  • O paciente deverá informar as mudanças de seu estado de saúde aos profissionais responsáveis por seu tratamento.
  • O paciente deverá demonstrar o entendimento das ações efetuadas ou propostas visando a cura dos agravos à sua saúde, a prevenção das complicações ou sequelas, sua reabilitação e a promoção de sua saúde, podendo fazer perguntas sempre que tiver dúvidas.
  • O paciente deverá seguir as instruções recomendadas pela equipe multiprofissional que o assiste, sendo responsável pelas consequências de sua recusa.
  • O paciente deverá indicar o responsável financeiro por seu tratamento e informar o hospital de quaisquer mudanças nesta indicação.
  • O paciente deverá conhecer e respeitar as normas e regulamentos da Instituição por meio do Manual de Orientação ao Paciente.
  • O paciente deverá respeitar os direitos dos demais pacientes, acompanhantes, funcionários e prestadores de serviços da Instituição.
  • O paciente deverá zelar e solicitar que seus visitantes e acompanhantes também o façam pelas propriedades do hospital colocadas à disposição para seu conforto e tratamento.
  • O paciente deverá participar do seu plano de tratamento e alta hospitalar ou indicar quem o possa fazer.
  • Visitantes e acompanhantes devem receber e utilizar identificação durante todo o período de permanência na unidade.



Programa de Segurança do Paciente

Como Pode Colaborar?

Você pode e deve contribuir para a qualidade dos cuidados à sua saúde. Forneça informações importantes a respeito de si mesmo (ALERGIAS, DOENÇAS PREEXISTENTES) e procure interagir com os profissionais que cuidam da sua saúde.

Para que haja interação com a equipe responsável por seus cuidados, caso tenha dúvidas referentes às orientações fornecidas, solicite a presença do profissional de enfermagem para esclarecê-las.

Identificação


A identificação do paciente é fundamental para garantir sua segurança em todos os ambientes de cuidado à saúde: Pronto-socorro, Unidade de Terapia Intensiva, Centro Cirúrgico, Unidades de Internação, Coletas de Exames Laboratoriais, Centro de Diagnóstico por Imagem, Ambulatório. No Pronto-socorro o paciente será identificado com uma pulseira verde. Caso seja necessário internação, esta pulseira será trocada por uma na cor azul. Os dados que estarão contidos na pulseira são: número de atendimento, nome completo, sexo, data de nascimento, idade, código de barras, data de atendimento e horário e número do prontuário e do quarto (quando internado).

Administração Segura de Medicamentos

Todas as vezes que for receber alguma medicação, pergunte ao profissional qual é o medicamento e para que serve. Todos os medicamentos utilizados para seu tratamento durante a internação estarão em prescrição médica e serão acompanhados pela equipe de saúde. Caso traga medicamentos de sua residência, estes serão acondicionados em embalagem própria, identificado com uma etiqueta verde fluorescente onde estará escrito “Medicamentos do Paciente” e com uma etiqueta com seu nome. Estes fármacos serão guardados pela equipe de enfermagem e devolvidos na alta hospitalar.

Segurança em Procedimentos Cirúrgicos


Caso seja submetido a um procedimento cirúrgico, será preciso assinar dois termos de consentimento: uma autorização para o procedimento, previamente explicado pelo cirurgião, e outro para autorizar a anestesia. Se a cirurgia precisar de demarcação na pele, esta deve ser realizada apenas pelo cirurgião.

Prevenção de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde

Higienize sempre suas mãos e observe se a equipe de saúde realiza este procedimento antes e depois de prestar cuidados a você. Lembre seus familiares desta prática também!

Prevenção de Queda

Quedas em pacientes hospitalizados são eventos indesejáveis que podem causar desconforto ao enfermo e a seus familiares. Caso a queda ocorra e haja algum tipo de lesão, o tempo de internação pode ser alongado e o custo do tratamento, aumentar.

Os pacientes que apresentam risco para queda no Hospital Santa Isabel são identificados por meio de uma pulseira amarela.

Pulseira de Identificação do Risco para Queda


O que paciente e acompanhante podem fazer para prevenir queda?

Paciente

Siga as recomendações da equipe de enfermagem sobre as medidas de prevenção de queda, tais como:

  • Utilizar calçado com solado antiderrapante;
  • Evitar roupas longas;
  • Manter a luz acesa durante a noite;
  • Manter a cama baixa e com grades elevadas.

Acompanhante

  • Não deixe o paciente sozinho;
  • Comunique sempre sua saída à enfermagem ao se ausentar do quarto;
  • Solicite auxílio da equipe para mobilização do paciente no leito e/ou locomoção no quarto.
Na ocorrência de queda, como proceder?
Mesmo com a observação de todos os cuidados a queda pode ocorrer. Nesse caso, comunique-a imediatamente à equipe de enfermagem, para que o paciente seja avaliado.

Segurança na Utilização das Tecnologias


Os cateteres e equipamentos utilizados devem ser manipulados apenas por profissionais qualificados para este procedimento. Qualquer dúvida, solicite a presença da equipe de enfermagem.

Cuidados com a Transfusão de Sangue


Antes de receber transfusão de sangue, leia e assine o termo de consentimento e confira com a equipe de enfermagem os dados da bolsa de sangue e sua identificação.

Alergias


Caso tenha alguma ALERGIA, não esqueça de comunicar ao enfermeiro qual é o medicamento, produto ou alimento que a provocam. Você será identificado com uma pulseira VERMELHA e nela estará escrito a o que você é alérgico.



Ramais Úteis

Unidade Veridiana

  • Caixa: 6080/7781
  • Controle de Internação: 7777
  • Recepção/Portaria: 7767/1915
  • Central de Relacionamento com Cliente: 1910/1911
  • Serviço Social: 7710
  • Hotelaria: 6904

Táxi

Caso seja necessário, o serviço de hotelaria pode fornecer o número de telefone de uma empresa de táxi.



Deveres do Paciente

Deveres do Paciente

  • O paciente e/ou seu responsável legal tem o dever de dar informações precisas, completas e acuradas do seu histórico de saúde, doenças prévias, procedimentos médicos anteriores e outros problemas relacionados à sua saúde.
  • O paciente deverá informar as mudanças de seu estado de saúde aos profissionais responsáveis por seu tratamento.
  • O paciente deverá demonstrar o entendimento das ações efetuadas ou propostas visando a cura dos agravos à sua saúde, a prevenção das complicações ou sequelas, sua reabilitação e a promoção de sua saúde, podendo fazer perguntas sempre que tiver dúvidas.
  • O paciente deverá seguir as instruções recomendadas pela equipe multiprofissional que o assiste, sendo responsável pelas consequências de sua recusa.
  • O paciente deverá indicar o responsável financeiro por seu tratamento e informar o hospital de quaisquer mudanças nesta indicação.
  • O paciente deverá conhecer e respeitar as normas e regulamentos da Instituição por meio do Manual de Orientação ao Paciente.
  • O paciente deverá respeitar os direitos dos demais pacientes, acompanhantes, funcionários e prestadores de serviços da Instituição.
  • O paciente deverá zelar e solicitar que seus visitantes e acompanhantes também o façam pelas propriedades do hospital colocadas à disposição para seu conforto e tratamento.
  • O paciente deverá participar do seu plano de tratamento e alta hospitalar ou indicar quem o possa fazer.
  • Visitantes e acompanhantes devem receber e utilizar identificação durante todo o período de permanência na unidade.



Conexão

Wi-Fi

Unidade Veridiana

  • Rede: HSI-VISITA
  • Senha: visitante



Solicitação de Relatórios e Cópias de Prontuários

Relatórios e Prontuários

Todas as informações sobre a assistência prestada ao paciente no Hospital Santa Isabel são confidenciais e protegidas por legislação vigente.

As cópias de prontuários, bem como solicitação de outros documentos, só poderão ser liberadas com a devida autorização do paciente ou de seu representante legal, sob autorização por lei.

O acesso a quaisquer informações do prontuário do paciente somente será possível mediante a apresentação de declaração de consentimento do paciente ou de seu representante legal, reconhecido firma em cartório. Havendo qualquer tipo de impedimento do paciente, a autorização para acesso às informações do prontuário seguirá a seguinte ordem:

  • Representante constituído legalmente;
  • Tutor, no caso de menores de 18 anos.
Segundo o Parecer nº. 6/10 do Conselho Federal de Medicina, a liberação do prontuário de paciente falecido só deve ocorrer mediante decisão judicial ou requisição dos Conselhos de Medicina (Federal e Regional).

Devem ser apresentados no momento da retirada do documento:

  • Se pelo próprio paciente: documento de identificação com foto e assinatura;
  • Se por terceiros e paciente lúcido: autorização do paciente, escrita de próprio punho, com firma reconhecida (o portador dever apresentar um documento de identificação com foto);
  • O pagamento das cópias será realizado no momento da retirada. A solicitação deverá ser realizada por meio de impresso próprio disponível no Posto de Atendimento Avançado do Hospital Santa Isabel ou no site da Instituição no link: www.hsi.org.br/solicitacao-prontuario
Os prazos estabelecidos para a entrega do documento solicitado são de 10 (dez) dias da data da solicitação.

Para outros esclarecimentos, o Serviço de Apoio Médico (SAME), responsável pelos prontuários, atende no telefone: 2821-5208.